You are here:   Home PRODUÇÕES Comédias Cariocas

Comédias Cariocas

Com Mareliz Rodrigues e Claudio Galvan

Homenagem aos 150 anos do nascimento de Artur Azevedo

O Nosso espetáculo apresenta uma visão panorâmica e divertida do Brasil entre as décadas de 1890 – 1930.

É uma comédia romântica que retrata de forma muito divertida os costumes, valores e comportamentos que marcaram esse período.

Um espetáculo leve, recheado de canções e coreografias, com o intuito de levar o público às gargalhadas, enquanto passeiam junto com os atores por um Rio de Janeiro que conhecemos nas páginas dos livros de história.

É um espetáculo que além de divertir, traz variadas informações históricas. Uma mistura de puro entretenimento e de resgate da memória nacional.

No roteiro temos três peças curtas de enorme sucesso, do grande autor nacional, que ocupa a cadeira de n° 29 na academia brasileira de letras: ARTUR AZEVEDO.

No primeiro texto: “UMA CONSULTA”, uma viúva vai até o consultório de um doutor, pois está sofrendo de “coração afetado”. Por um engano, ela entra no consultório de um solitário advogado, que demora a perceber o engano. Um pouco por receio, e um pouco por ficar encantado pela beleza da moça, ele leva adiante o engano, criando uma situação de absoluto mal entendido.

No segundo texto: “UMA NOITE EM CLARO”, temos outra comédia de mal entendidos. Uma senhora sai do interior em direção ao Rio de Janeiro para fazer uma surpresa ao marido, que está hospedado em um hotel. Ela entra, por engano, no quarto de um estranho, e adormece.

O dono do quarto, é bem casado no interior e está a trabalho no Rio de Janeiro à muito tempo longe da esposa, se esforça para resistir aos encantos das mulheres da cidade grande.

Para resistir, ele tem fresca na memória a história de um colega que ofereceu hospedagem por uma noite a uma moça bonita e decentemente vestida, e no dia seguinte quando acordou... Não encontrou nem ela, nem o relógio, nem a carteira.

Quando ele entra no quarto escuro e se depara com a senhora, Desenrola-se uma série de mal entendidos, que culminam na chegada do marido ciumento.

No terceiro texto: “AMOR POR ANEXINS”, uma viúva vive sendo importunada por um senhor que fala através de ditados, e quer se casar com ela. Através de provérbios comoágua mole em pedra dura tanto bate até que fura”, “nunca diga: dessa água não beberei” e “quem espera sempre alcança”, ele vai tentando conquistar o coração da moça.

Artur Azevedo escreveu esse fantástico texto aos 15 anos de idade. Teve grande êxito, com mais de mil encenações no século passado.


O Autor

Artur Azevedo (1855 - 1908), jornalista, poeta e teatrólogo.

Foi um descobridor de assuntos do cotidiano da vida carioca, e observador de hábitos da capital. Os namoros, as infidelidades conjugais, as relações de família ou de amizade, tudo o que se passava nas ruas ou nas casas lhe forneceu assunto para histórias.

Suas comédias fixaram aspectos da vida e da sociedade carioca. Ainda hoje continua vivo como a mais permanente e expressiva vocação teatral brasileira de todos os tempos, através de peças como “uma consulta, “uma noite em claro”e “amor por anexins”.

 

Fale Conosco

Nossa sede fica na Rua Prudente de Moraes Neto, 91 - Recreio- RJ

Em cima da Academia East Coast

Telefone para contato:  
(21) 3439-0390 / (21) 99540-4585 / (21) 7811-4261

E-mail: contato@vamosfazerarte.com

Assine nossa Nesletter e receba notícia do Vamos Fazer Arte

Mural de Recados

Olá! Se você já faz parte da Turma Vamos Fazer Arte deixe um recadinho em nosso mural. E se você não faz parte dessa turma, não deixe de ler nossos recados!


Mural de Recados
 clique aqui!